Com números de rebaixado, Santos visita Cuiabá para subir na tabela

Sem vencer há cinco jogos, o Santos volta a campo neste sábado, após uma semana inteira de treinos, para enfrentar o Cuiabá, na Arena Pantanal, em partida válida pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Mesmo estando na 11ª posição com 22 pontos, alguns números da campanha santista, são de ‘rebaixamento’.

No meio da tabela, o Santos tem a terceira pior defesa da competição, com 23 gols sofridos em 18 jogos, sendo que o time sofreu gols em 12 partidas, 3 delas nos últimos jogos. Fora de seus domínios, o Santos venceu apenas a Chapecoense, empatou três e perdeu quatro jogos. O ataque vem sendo discreto, ocupando apenas a décima colocação com 19 gols feitos.

Já no quesito característico do técnico Fernando Diniz, conhecido como “Dinizismo”, que são os passes certos, o Santos lidera com 8.054 passes, enquanto nos dribles certos, é apenas o décimo colocado, com 119. Os números pioram bastante nos lançamentos certos, onde o Peixe está apenas à frente do Grêmio, com 162 lançamentos.

A melhora numérica volta nas finalizações, onde o time é o sexto colocado com 87, e nos cruzamentos certos, volta ao meio da tabela, em nono lugar com 81. O pior número santista está nos desarmes, onde é o lanterna, com apenas 206 feitos nos 18 jogos até o momento. Individualmente, Jean Mota é o segundo com 941 e Camacho o quarto 862 nos passes certos, enquanto Marinho, mesmo sem atuar é o quarto colocado nas finalizações com 19.

Para a continuidade do trabalho do técnico Fernando Diniz no Santos, uma vitória na Arena Pantanal neste fim de semana, daria um pouco mais de tranquilidade. O técnico já poderá contar com Jandrei e Léo Baptistão para a partida. Diego Tardelli e Emiliano Velázquez ainda não farão sua estreia pelo Peixe.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)