Conselho Deliberativo recusa oferta do Japão e Sabino retornará ao Santos em 2021

Sabino jogando pelo coritiba.

O Conselho Deliberativo do Santos vetou a negociação do zagueiro Sabino, do Santos, emprestado ao Coritiba até fevereiro de 2021, com o Kashiwa Reysol, do Japão. A proposta de US$ 700 mil (cerca de R$ 3,6 milhões) não agradou os conselheiros do clube, tendo em vista que o Peixe tem 70% dos direitos econômicos do atleta, ainda precisa ceder 20% em “taxa de vitrine”.

A ideia é que Sabino retorne ao Santos após o fim do Brasileirão, em fevereiro de 2021 e reforce o elenco santista, devido à proibição de registrar novos atletas e a improvável permanência de Lucas Veríssimo, que tem propostas da Arábia Saudita e de Portugal e Luan Peres, emprestado ao Peixe pelo Brugge, da Bélgica, em que os belgas não têm interesse em prolongar o empréstimo do zagueiro e o alvinegro praiano não tem como comprar o atleta, que possui um valor de 5 milhões de euros (R$ 33 milhões). Sabino tem vontade de retornar ao clube e vê a oportunidade de se firmar na equipe com a provável saída dos dois zagueiros titulares. O jogador tem contrato com o Santos até 29 de setembro de 2022.

Foto em destaque: Instagram/Sabino.

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro