De volta aos treinos, Vladimir vai ter que trabalhar duro para recuperar espaço

Depois da cirurgia bem sucedida e o período necessário para recuperação, o goleiro Vladimir foi avaliado pelo Dr. Marco Túlio Costa, que o operou há dois meses, e o médico concedeu a liberação para que o jogador pudesse voltar às atividades, sem o auxílio de bota ortopédica. O jogador deve iniciar suas atividades físicas para fortalecimento muscular e, posteriormente, aprimoramento técnico para seu retorno aos gramados.

Por intermédio de sua assessoria de imprensa, Vladimir afirmou estar recuperado e sem dores. “Não estou sentido mais nenhuma dor, e o Dr. Marco Túlio constatou que o dedo está bem posicionado, ou seja, a cirurgia atendeu ao seu objetivo. A partir de agora, já posso andar normalmente, sem a bota ortopédica. Ele me liberou para trabalhar sem restrições na academia do CT Rei Pelé, principalmente na esteira e na bicicleta.”

Após o início dos treinamentos, Vladimir deve passar por novas avaliações físicas, que determinarão seu retorno aos gramados. O jogador e a comissão técnica esperam seu retorno durante o mês de dezembro. “Vou passar por novas radiografia e ressonância e outro exame clínico. Se tudo continuar dentro do previsto, é bem provável que eu seja liberado para fazer o trabalho de transição, no campo, no decorrer do mês de dezembro.” Vale lembrar que o jogador se lesionou na partida contra o Athletico Paranaense, no dia 16 de agosto, na Vila Belmiro, após uma trombada com o zagueiro Lucas Veríssimo. Depois dos tratamentos iniciais, no dia 26 de setembro, o jogador passou por cirurgia e seguiu os cuidados médicos.

Titular desde a saída do goleiro Everson, Vladimir vê seu retorno à titularidade da meta santista bastante concorrido, já que seus substitutos João Paulo e John, entraram, deram conta do recado e ainda arrancaram elogios da comissão técnica e torcida santista. Para o próximo jogo, contra o Sport, John deve ser mantido como titular santista, o que será seu terceiro jogo consecutivo na posição, mesmo com João Paulo, titular desde a contusão de Vladimir, estar liberado após tratamento por Covid-19.

Resta1