Impedido de contratar, quais são as próximas punições que o Santos pode receber da Fifa?

A situação do Santos no atual momento é bem preocupante. Impedido de registrar novos jogadores pela Fifa, por causa de dívidas com outros clubes, a diretoria trabalha para resolver a situação, que pode piorar inclusive. Já treinando junto do elenco, Elias e Laércio ainda não podem ser inscritos por conta da punição, e não se sabe qual será o futuro de ambos.

Atualmente, o Santos já foi punido pela dívida com o Hamburgo, pela compra do zagueiro Cléber Reis, que aproxima dos R$ 30 milhões, já incluso multas e juros. A outra cobrança é do Huachipato, do Chile, de R$ 18 milhões, na compra do atacante Soteldo. Pela primeira cobrança, o Santos foi proibido de contratar, pelo menos até que quitasse a dívida. Pela segunda, a punição aumentou, deixando o time sem poder contratar por três janelas de transferências.

O que ainda pode piorar?

Já punido, o Santos tem um tempo estipulado para efetuar os pagamentos, o que não foi cumprido. O não cumprimento, pode gerar novas sanções, como por exemplo aconteceu com o Cruzeiro, que teve a perda de seis pontos na série B deste ano. As punições podem chegar inclusive, a rebaixamento de divisão, sendo esta a pena mais extrema a ser aplicada, caso continue sem efetuar o pagamento dentro dos prazos estipulados pela Fifa. O Santos atualmente, aguarda a decisão da Fifa sobre a cobrança do Atlético Nacional, na compra do zagueiro Felipe Aguilar, que se condenado, seria a terceira punição do Santos na atual temporada, que pode render novas sansões.

No atual cenário, a forma de sair desta situação é pagando seus débitos. O que a diretoria santista está tentando é dar um ‘sinal’ a ambos, e parcelar parte dos débitos novamente, mas é algo que não estão conseguindo convencer os dirigentes alemães e chilenos, já que os acordos iniciais não foram cumpridos e nem as punições impostas foram acatadas. Em caso positivo das novas negociações, o Santos pode até ser liberado pela Fifa para voltar a registrar novos jogadores.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)