Jean Mota projeta clássico contra o Palmeiras e comemora sequência como titular: “Me adaptei rápido”

Jean Mota jogando pelo Santos no Allianz Parque. Foto: Ivan Storti / Santos FC

O Santos enfrenta o Palmeiras amanhã (10), às 16h30, no Allianz Parque, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A última vitória do Peixe no estádio do rival foi em 2017, com gol de cabeça de Ricardo Oliveira após cruzamento de Bruno Henrique.

Jean Mota, remanescente daquele time junto com Alison, relembrou o lance do gol na ocasião e espera conseguir a segunda vitória na casa do rival.

Foi um jogo bem difícil, como todos os clássicos são. O campo estava bastante alagado por conta da chuva e teve até uma pequena polêmica. Roubei a bola do Guerra no meio, onde muitos falaram que foi falta, e puxei o contra-ataque que acabou com o gol do Ricardo Oliveira após cruzamento do Bruno Henrique. Foi uma vitória bem importante naquela ocasião e espero que a gente consiga nosso segundo triunfo lá dentro amanhã. Quem pensa em conquistar títulos tem que vencer jogos grandes. Conseguimos isso contra o Athletico-PR, mas agora já é outra decisão e vamos buscar essa vitória”, afirmou o camisa 41 santista.

Jean Mota também vem numa sequência longa de jogos como titular. Já são 18 partidas seguidas que o atleta de 27 anos começa jogando com Fernando Diniz.

O camisa 41 santista ressaltou a adaptação para jogar como segundo volante e revelou que Diniz tem passado muita confiança para ele.

É uma posição onde estou me sentindo muito bem e venho desempenhando um bom futebol. Não estava acostumado a jogar como segundo homem no meio, mas me adaptei rápido. Tanto o Marcelo Fernandes, que me colocou nessa posição pela primeira vez lá em Bragança, quanto Diniz, têm me dado muito respaldo para atuar por ali. O professor está me passando muita confiança, vem dando muitos toques sobre posicionamento e fico feliz em ver que estou evoluindo”, concluiu Jean Mota.

O Santos está na sétima colocação do Brasileirão com 15 pontos e busca a primeira vitória como visitante na competição. Até o momento, somou apenas um ponto longe da Vila Belmiro no empate com o Grêmio por 2 a 2, em Porto Alegre.

Dois anos de Hulk no Galo: veja números e conquistas Vai precisar! Veja possíveis substitutos de João Gomes no Flamengo Cruzeiro: quem ainda pode chegar e quem não vem mais? Os azarados! Os goleiros em atividade que atuaram no Cruzeiro durante a “Era Fábio”