Marinho era mal visto por funcionários e alguns jogadores do Santos, diz jornal

Foto: Ivan Storti/Santos

A passagem do atacante Marinho pelo Santos acabou nesta quinta-feira (27). No clube desde 2019, ele foi vendido ao Flamengo por cerca de 7 milhões de reais e chega ao RJ para substituir Michael.

Apesar de bons momentos em campo, os bastidores de Marinho no Santos não eram fáceis. De acordo com o jornal A Tribuna, o ex-camisa 11 apontou alguns funcionários como culpados pelo mau momento vivido. Além disso, colocou em cheque a competência dos mesmos.

Entretanto, ele também arrumou inimizades com o grupo de jogadores. Ainda segundo o jornal, Marinho falava mal de alguns atletas reservadamente. Dessa forma, o Santos achou melhor negociar o atleta. As partes esperavam uma oferta para o exterior, mas acabou não chegando e o destino do atacante foi o Flamengo.

Além do Rubro-Negro, o Internacional manifestou interesse em Marinho e conversou com o Santos, que dificultou a saída para um clube brasileiro, na expectativa que chegasse uma boa proposta dos Emirados Árabes.

O melhor momento de Marinho no Santos foi em 2020/21, quando foi vice-campeão da Libertadores e venceu o Rey da América. Ao todo, foram 112 jogos, 41 gols e 17 assistências pelo Peixe. O contrato era válido até o fim de 2022. Na última temporada, registrou 42 partidas, nove gols e quatro assistências.

CAMPEÃ! Os números da Roma na campanha da Conference League Os 10 melhores jogadores do Borussia Dortmund no FIFA 07 MERECE SELEÇÃO? Os números de Ibañez, zagueiro brasileiro da Roma A provável escalação do Corinthians contra o Always Ready