Newton Drummond revela o motivo de sua demissão do Santos e dispara: “Alegação esdrúxula”

Após um mês como executivo de futebol do Santos, Newton Drummond, o ‘Chumbinho’, foi demitido nesta quinta-feira (18) pelo clube paulista. O ex-dirigente santista contestou os motivos para o seu desligamento.

Chumbinho tratou como ‘indelicado e desrespeitoso’ os boatos levantados pelo Santos na sua demissão: “Ocorreu isso, fui demitido no Santos. A alegação do presidente é esdrúxula, infelizmente, de que perdeu a confiança em mim depois que recebeu informações áudios de pessoas dizendo que meu filho estaria intermediando uma possível negociação no Santos. Isso é indelicado, é desrespeitoso.”, disse ele.

Além disso, Newton Drummond negou as acusações feitas contra ele envolvendo o seu filho: “Eu sou um profissional do futebol. Trabalhei no Vasco, no Internacional, na Chapecoense, no Coritiba, e meu filho nunca se envolveu em absolutamente nada disso. A desculpa, o motivo, da demissão é esdrúxulo e desrespeitoso. Atinge o profissional, a pessoa. Seria muito mais simples, mais certo, ele dizer ‘olha, não gostei do teu trabalho’. Agora, alegar que meu filho estaria se aproveitando de uma situação do pai como executivo do Santos para tentar fazer negócio, isso eu não vou admitir. Ofende o homem e a minha família. E isso não vou admitir.”, completou.

De acordo com a ESPN, o executivo não participou das negociações para as contratações de Soteldo e Luan. Assim, Andrés Rueda, presidente do Santos, foi o envolvido nos negócios.

Os lutadores com mais vitórias por decisão dentro do UFC Gabriel Jesus fala sobre Guardiola e se diz “mais solto” no Arsenal Os brasileiros com mais corridas disputadas na história da Fórmula 1 Desfalques, prováveis escalações, onde assistir e mais: Tudo sobre Vasco x Londrina pela Série B