Quatro jogadores, R$ 1 milhão mensal e fora dos planos no Santos

Em meio a baixar as despesas, a diretoria santista tem um “ralo” mensal que consome R$ 1 milhão mensal, com quatro jogadores que não devem ser aproveitados pelo técnico Ariel Holan em 2021. Cléber Reis, Lucas Venuto, Rodrigão e Felippe Cardoso

treinam em separado e a diretoria trabalha para negociar ou até mesmo rescindir o contrato.

Vale lembrar que na última temporada, ambos tiveram desempenho abaixo do esperado nos clubes que foram emprestados, por isso não se exerceram direito de compra ou prorrogação de empréstimos.

Com uma política bem trabalhada para baixar as despesas, Andres Rueda está mudando inclusive a forma contratual dos próximos reforços, para não se ter contratos longos, além de uma política salarial, para não se ter os problemas atualmente enfrentados. Dos atuais jogadores citados, Cléber Reis, Rodrigão e Lucas Venuto, tem contrato até 2022. Já Felippe Cardoso, tem contrato até 2023, e ambos nunca se firmaram no elenco santista.

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro