Sánchez se isola como maior artilheiro estrangeiro da história do Santos

Com o gol marcado contra a Juazeirense, Carlos Sánchez se isolou como o maior artilheiro estrangeiro da história do Santos com 27 gols.

O uruguaio ultrapassou Jonathan Copete, que tem 26 gols com a camisa santista, e assumiu o posto. Ele havia empatado com o colombiano com o gol de pênalti no clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro.

Após o jogo, Sánchez revelou que é um orgulho pessoal e não esperava alcançar essa marca.

É um orgulho para mim ficar na história do Santos como maior artilheiro. É um objetivo que não pensava, é algo muito importante pessoalmente“, disse o camisa sete, ao Sportv.

Com a vitória sobre a Juazeirense por 4 a 0, o Santos leva larga vantagem para o jogo da volta na próxima quinta-feira (5), às 19h15, em Juazeiro, pela Copa do Brasil.

O Peixe pode perder por até 3 gols de diferença que ainda avança às quartas de final da competição. Os confrontos da próxima fase serão definidos por sorteio.

Os jogadores que podem sair do São Paulo de graça As notas dos jogadores do Bahia no empate diante do Grêmio É do Galo! Números de Pavón, em 2020-2021 Os 10 melhores jogadores do PSG no FIFA 12