Santos quer força máxima em campo contra o Sport, na Vila; veja possível escalação

O Santos quer retornar para o G6 do Campeonato Brasileiro de 2020. Para isso, o Peixe precisa superar o Sport, na Vila, nesse sábado (28), às 17h. Para isso, o alvinegro praiano quer ir com o que tem de melhor em seu elenco para conseguir os três pontos. De olho no confronto, o clube avaliará o desgaste dos atletas após a vitória na altitude equatoriana na última terça-feira (24), contra a LDU, pelo jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores.

Porém, o Santos já tem o jogo da volta contra o time do equador, em casa, às 19h15 na próxima terça-feira (01). E com isso, o desgaste preocupa o clube para a sequência dos jogos.

Uma das dúvidas é no gol. Cuca, que retornou aos treinos após se recuperar da Covid-19, conversa com Arzul para ver se João Paulo volta à titularidade após também retornar do afastamento pelo vírus ou se John, que tem se apresentado bem, continua no gol santista.

Mais uma dor de cabeça para o técnico Cuca é a lateral-esquerda. O Santos foi melhor no segundo tempo contra a LDU, no momento em que Wagner Leonardo assumiu a posição e Felipe Jonatan foi para o meio-campo, tirando Jean Mota do time.

Vale lembrar que o técnico do Sport, Jair Ventura, está afastado por causa da Covid-19 e não irá à Vila enfrentar o Santos. O jovem treinador tem passagem conturbada pelo Peixe em 2018, quando foi demitido e deixou o time na zona de rebaixamento. Cuca assumiu o time e levou o clube à Sulamericana de 2019, mas não deu continuidade no cargo, que depois seria ocupado por Jorge Sampaoli.

Um possível Santos sem poupar para o jogo contra o Sport deve ser: João Paulo (John), Pará, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Jean Mota (Wagner Leonardo); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge.

Resta1