Sem espaço no Santos, veja 7 jogadores que ainda podem sair

Definindo os últimos detalhes do elenco que será utilizado em 2022, a diretoria santista e o diretor executivo Edu Dracena, ainda procuram formas de enxugar o elenco para poder trazer os reforços que faltam. Neste contexto, os jogadores que não devem ser utilizados pelo técnico Fábio Carille, estão sendo analisados para definir os destinos.

A ideia é no caso dos jogadores com contratos mais longos, evitar rescisão contratual e partir para empréstimos, para que os jogadores busquem mais experiência e tempo em campo. Nesta situação, se encaixam o volante Guilherme Nunes, que tem contrato até o final de abril de 2023, o meia Ivonei, que tem contrato até julho de 2025, o atacante Bruno Marques, com contrato até dezembro de 2024 e o atacante Renyer, com vínculo até o final de novembro de 2023.

Em situações diferentes, o meia Alexandre Tam e o atacante Rodrigão, não devem ter seus contratos renovados. o meia tem contrato até abril e o atacante até maio, e ambos estão liberados para buscar novos destinos. Já o zagueiro Cléber Reis, só teve seu contrato ampliado, por conta de uma lesão ligamentar no joelho. Com novo contrato até agosto, o jogador segue seu tratamento e não será aproveitado pelo técnico Fábio Carille.

Atualmente, o elenco está com 36 jogadores, e alguns nomes que estão na Copa São Paulo, podem ser ‘promovidos’ ao time profissional, que são o zagueiro Jair, o lateral Lucas Pires, o meia Lucas Barbosa e os atacantes Rwan Seco e Weslley Patati, que estão sendo decisivos na continuidade do Santos na Copinha.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Os 10 melhores jogadores do Atlético Mineiro no FIFA 08 Os números de Jô nas últimas 10 temporadas HISTÓRICO! Os números do Fortaleza na fase de grupos da Libertadores APROVADO? Os números de Pablo em seu início pelo Flamengo