6 goleiros que podem ser opção para o São Paulo

O torcedor do São Paulo mostra insatisfação na meta tricolor há tempos e após as falhas recentes de Tiago Volpi, o assunto volta à tona nos bastidores do Morumbi. Por enquanto, nada de reforços para o gol no Tricolor e poucas esperanças sobre tal, já que o clube passa por grandes dificuldades financeiras e até em pagamentos de salários dos atletas, porém, ainda assim, alguns nomes de destaques do cenário local começam a surgir.

Nesse sentido, diversos goleiros seguem em ascensão seja na Série A ou B do futebol brasileiro e caso aconteça ajustes no plantel do São Paulo, abre vaga para fazer uma grande contratação no gol são-paulino.

Richard – Ceará

Foto: Divulgação / Ceará

Inquestionável na meta do Ceará desde que assumiu a titularidade com Guto Ferreira, Richard tem recebido muitos elogios neste Campeonato Brasileiro. Embora seja pouco exigido, o goleiro, que participou de 34 jogos na temporada, tem média de 2.5 de defesas por jogo na Série A e 0,8 de gols sofridos a cada partida. Aos 30 anos, Richard renovou ainda no mês de agosto pelo Vozão até dezembro de 2024 e está entre as opções para a meta são-paulina.

Matheus Teixeira – Bahia

Foto: Felipe Oliveira / Bahia

Outro goleiro de clube nordestino que tem chamado atenção é Matheus Teixeira. Revelado no Bahia, o jogador começou recebendo mais oportunidades na meta do Tricolor de Aço em abril deste ano e desde daí não saiu mais. O goleiro de 22 anos fez 29 partidas nesta temporada e tem média de 2,9 defesas por jogo. Por ser jovem e mostrar grande potencial, a diretoria baiana agiu rápido em julho para prorrogar seu contrato até 2024.

Ivan – Ponte Preta

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Este em específico tem currículo importante na carreira ainda curta. Alçado ao profissional pela Ponte Preta, Ivan é uma das referências quando o assunto é jovens goleiros no Brasil. Aos 24 anos, ele, que tem contrato até dezembro de 2023, retomou a forma física ideal nesta temporada após ficar oito meses sem jogar devido a uma lesão, e tenta ajudar a equipe na briga pelo acesso com a Macaca. Nesta temporada são 14 jogos e média de 2.8 em média de defesas por partidas.

Em 2019 Ivan foi convocado por Tite para a Seleção Brasileira e frequentou também as seleções de base. Hoje, o goleiro é uma grande possível fonte de receita para a Ponte no futuro, pois a diretoria recebeu sondagens do São Paulo em julho, porém nada avançou e já chegou a ter uma proposta de 2,2 milhões de euros do Famalicão-POR na mesa e recusou. Apesar disso, caso a Macaca não suba, será difícil conseguir a permanência do goleiro por mais uma temporada.

Rafael – Atlético Mineiro

Foto: Divulgação / Atlético Mineiro

Outra opção cogitada no Morumbi é Rafael. Atualmente na reserva de Everson, o goleiro segue sendo cogitado para deixar o Galo nos últimos dias, porém a diretoria nega sua venda, sobretudo a outro clube rival nacional. Ex-Cruzeiro, Rafael fez apen as quatro jogos nesta temporada e seu contrato vai até o fim de 2023.

João Paulo – Chapecoense

Foto: Márcio Cunha / ACF

Candidato a surpresa do Campeonato Brasileiro numa preocup ante Chapecoense, João Paulo é sem dúvidas um dos goleiros que chama atenção dos grandes clubes pelas suas boas atuações. Nesta temporada pela Chape fez 17 partidas e apesar de estar no clube com a zaga mais vazada, lidera a média de defesas por jogo, com 3.5.

Aos 20 anos, João Paulo tem contrato junto a Chapecoense até dezembro de 2024, e caso São Paulo ou outro pretendente queira investir em sua contratação, terá que desembolsar R$ 12 milhões devido a multa contratual para o mercado interno.

Tadeu – Goiás

Foto: Rosiron Rodrigues / GEC

Este é quase que unanimidade ao falar dos melhores goleiros atuando no Brasil hoje. Em busca do acesso pelo Goiás, Tadeu se destaca entre as principais divisões nacionais desde 2019, quando na época ainda estava emprestado ao Esmeraldino pela Ferroviária. Atualmente, o jogador de 29 anos compõe o setor defensivo menos vazado da Série B e tem média de 3.0 defesas por partida.

No Goiás, seu contrato vai até dezembro de 2023 e nesta temporada fez 33 jogos. Contudo, para ser opção ao São Paulo, o Esmeraldino pretende cobrar alto pela saída do seu camisa 1.

Bônus: Diego Alves – Flamengo

Foto: Buda Mendes / Getty Images

Como alternativa de goleiro com contrato até final de dezembro de 2021, Diego Alves, de 36 anos, é um dos poucos no futebol brasileiro nesta situação e que pode vim a explorada também pelo São Paulo. Embora seja um dos jogadores indispensáveis de Renato Gaúcho no Flamengo, o camisa 1 segue entre as opções no mercado, mesmo dadas as dificuldades em convencer a se transferir para outro clube do país.

Nesta temporada, Diego Alves participou de 34 jogos e é peça fundamental no crescimento do Flamengo nos últimos anos. Atualmente, enquanto a diretoria Rubro-Negra trabalha a última contratação da janela, a renovação do goleiro não está em pauta.