Demissão de Hernán Crespo custaria valor milionário ao São Paulo

A equipe do São Paulo não se encontrou na temporada depois de conquistar o Campeonato Paulista. Os comandados de Hernán Crespo foram eliminados da Libertadores e estão com uma campanha ruim no Brasileirão. Por sua vez, a esperança de voltar à Libertadores e possibilidade de título está na Copa do Brasil.

Sendo assim, rumores indicavam uma possível demissão de Hernán Crespo caso o São Paulo seja eliminado. No entanto, além da diretoria do Tricolor garantir a permanência do argentino mesmo com uma eliminação, o fator financeiro também influencia na decisão de manter o técnico.

Segundo o jornalista Jorge Nicola, existe uma multa rescisória de 750 mil doláres, ou seja uma demissão custaria quase R$ 4 milhões ao Tricolor. Em contato com o jornalista, Julio Casares, presidente do São Paulo, disse que a possibilidade de demitir Crespo é “zero”.

O trabalho do treinador agrada a diretoria. Porém, a cúpula são-paulina acredita que ainda pode ser melhorado. Por fim, Crespo chegou ao São Paulo no inici o deste ano. No clube, o treinador conquistou o Campeonato Paulista, tirando o clube de uma fila de nove anos sem títulos. O argentino tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2022.