Dois treinadores recusaram o São Paulo antes de acerto com Ceni

Hernán Crespo deixou o São Paulo nesta terça-feira (13) e anunciou Rogério Ceni no mesmo dia. Porém, de acordo com o jornalista Jorge Nicola, dois nomes foram alvos de consultas por parte do Tricolor. Dessa maneira, Roger Machado, livre no mercado, e Juan Carlos Osorio, que já esteve no clube e dirige o América de Cali, foram contatados.

No entanto, os contatos foram feitos informalmente, mas indicaram que recusariam uma oferta oficial. Pelo lado do ex-técnico de Grêmio, Palmeiras, Atlético-MG, Bahia e Fluminense, não existe interesse de voltar ao trabalho em 2021. Por sua vez, Osorio afirmou que estava satisfeito no momento e decidiu não retornar ao Morumbi.

Nesse sentido, com as recusas, o São Paulo procurou Ceni e acabou acertando. O ídolo do time teve passagem sem brilho em sua primeira experiência como treinador. Posteriormente, ele viveu bons momentos no Fortaleza e também foi contratado por Cruzeiro e Flamengo, onde alcançou o título de campeão brasileiro pelo Rubro-Negro.

Por fim, Muricy Ramalho concordou com a saída de Crespo, segundo Nicola. Mesmo com a permanência, o coordenador técnico do São Paulo, que possui um forte temperamento, deixou claro que não irá assumiria o time. Então, sem essas possibilidades, o Tricolor buscou Ceni.