Em jogo de três expulsões, São Paulo pretende fazer reclamação formal à Conmebol por atuação de árbitro

Foto: Marcelo Hernandez/Getty Images

Apesar da vitória por 4 a 2 diante da Universidad Catolica, o São Paulo entrará com uma representação na Conmebol para exigir explicações sobre a atuação da arbitragem do uruguaio Christian Ferreyra. No jogo, o Tricolor levou seis cartões amarelos, sendo três jogadores expulsos em nove faltas cometidas.

Depois do confronto, foram várias as críticas por parte do presidente e do treinador do São Paulo. Julio Casares elogiou a atuação da equipe, mas não poupou ao falar da arbitragem.

”Quero enaltecer a luta da nossa equipe, que fez uma grande exibição e demonstrou um enorme espírito de luta, principalmente depois que a arbitragem perdeu o controle da partida e claramente nos prejudicou. Arbitragens como essa atrapalham não só o São Paulo, mas o bom andamento da competição – disse o mandatário ao ge.

Em entrevista coletiva, Ceni também reclamou sobre a condução da partida pelo árbitro. “Não queremos falar de arbitragem, mas temos que repensar, temos que ter mais força na confederação sul-americana. Eu me recordo de uma época que a gente tinha força, mas hoje não temos e sofremos muito”, afirmou.

Para a partida de volta na próxima quinta-feira (07), no Morumbi, o São Paulo já sabe que não terá Igor Vinicius, Rodrigo Nestor e Calleri.

Os 10 melhores laterais brasileiros do FIFA 08 ESTRANHA! Relembre a primeira escalação de Jurgen Klopp pelo Liverpool em jogos oficiais SÓ CRAQUE! Os atacantes convocados pela Seleção Argentina nas últimas 10 Copas do Mundo Os números de Rodrigo Nestor em 2022