Empresário de Raniel processa São Paulo em R$ 19 milhões por atrasos de pagamento

A dívida inicial era de R$13,7 milhões, no entanto devido aos atrasos de pagamento subiu para R$19 milhões. O São Paulo tem 15 dias para recorrer a decisão.

O empresário André Cury acionou o São Paulo na justiça por conta de atrasos no pagamento do empréstimo feito com o agente em 2019 para a contratação do atacante Raniel.

Em julho de 2019, São Paulo e André Cury assinaram um acordo de empréstimo de R$13,7 milhões usados para a contratação de Raniel, que estava no Cruzeiro e também é agenciado por Cury.

O acordo entre o clube e empresário previa que o São Paulo pagaria uma determinada quantia em 12 parcelas a partir de janeiro de 2020. No entanto, ao fim de 2019, Raniel foi envolvido em uma troca com o Santos por Vitor Bueno, a troca permitiu ao São Paulo firmar um novo acordo com André Cury, que deu ao clube mais um ano de prazo para começar a pagar as parcelas, postergadas para janeiro de 2021.

A dívida que inicialmente era de R$13,7 milhões passou para R$19 milhões devido aos atrasos, multas e juros.

O São Paulo tem 15 dias para recorrer a decisão da justiça, porém o clube ainda não se manifestou se irá recorrer ou não.

Foto destaque: Divulgação/São Paulo FC

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas