Gabriel Sara brilha, mas San-São termina empatado

Criticado, o jogador revelado em Cotia fez os dois gols do São Paulo, mas ainda assim o jogo terminou empatado depois de falhas individuais

Gabriel Sara em disputa de bola – Foto: Rubens Chiri

Depois de empatar com o Red Bull Bragantino em casa, no meio de semana, o São Paulo foi à Vila Belmiro enfrentar os donos da casa. A partida acabou fazendo jus ao que se costuma ver num clássico San-São, em jogo mais movimentado e com muitos gols. O primeiro deles todos veio logo aos 7 minutos, com Gabriel Sara que bateu na saída do goleiro após roubar a bola do defensor santista e abriu placar para os visitantes. o São Paulo permaneceu melhor, mas acabou cedendo empate aos 29′, com Madson em bola aérea. As coisas foram se encaminhando dessa forma até que Gabriel Sara marcou aos 38′ após ele próprio lançar Igor Vinícius e receber a assistência dentro da área e chutar sem chance de defesa para o goleiro adversário. O jogo foi para o intervalo com 2 a 1 a favor do tricolor.

O time visitante sofreu pouco durante o segundo tempo, conseguia encaixar bem a marcação apesar do time mandante insistir em pressionar. A partida acabou sendo interrompida por quase 20 minutos devido à problemas de iluminação, mas pouco tempo depois da partida ter reiniciado, Marinho sofreu falta e ele mesmo cobrou. Tiago Volpi, que chegou a salvar o São Paulo anteriormente, dessa vez acabou falhando e não fez a defesa no chute do jogador santista. Depois disso, Paulinho ainda levou perigo com um chute de fora da área e Luciano chegou a ter um gol anulado por impedimento, mas a partida terminou mesmo no empate em 2 a 2.

Na próxima quinta-feira (17), o São Paulo volta suas atenções para a Libertadores e enfrentará o River Plate, em casa, às 19h.

Fernando Diniz orientando o time – Foto: Rubens Chiri

FICHA TÉCNICA: SANTOS 2 x 2 SÃO PAULO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 12/09/2020 (sábado)
Horário: 19h (de Brasília)

SPFC: Volpi, Igor Vinícius, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê (Luan, 36/2), Hernanes (Brenner, 33/2, 2s), Gabriel Sara e Igor Gomes; Luciano e Vitor Bueno (Paulinho, 33/2 1s). Técnico: Fernando Diniz

Gol: Gabriel Sara, 7/1; Gabriel Sara, 38/1

SFC: João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Alison e Luan Peres; Diego Pituca, Carlos Sánchez (Marinho, 21/2) e Arthur Gomes (Wagner Leonardo, intervalo); Marcos Leonardo (Lucas Lourenço, intervalo), Lucas Braga e Soteldo (Jean Mota, 35/2). Técnico: Cuca

Gol: Madson, 29/1; Marinho, 28/2

Cartões amarelos: Soteldo, 25/1; Tchê Tchê, 3/2; Luan Peres, 19/2; Igor Vinicius, 25/2; Hernanes, 31/2

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva (SP)
Analista de Campo: Silvia Regina de Oliveira (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes de Árbitro de Vídeo: Adriano de Assis Miranda (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Observador de VAR: Alicio Pena Junior (MG)

Os resultados dos jogos de ida das oitavas da Sul-Americana Os resultados das partidas de ida das oitavas de final da Libertadores PREOCUPANTE? Os números do Botafogo nos últimos 8 jogos da temporada Os 10 times da Série A com mais gols marcados na temporada 2022