Multa rescisória de Crespo no São Paulo diminuirá em julho; entenda

Hernán Crespo dando coletiva no São Paulo. Foto: Divulgação / São Paulo FC

Assim como previsto nas cláusulas do contrato assinado com o São Paulo, a multa rescisória do técnico Hernán Crespo diminuirá na próxima semana.

Assim, quando entrar o mês de julho, a penalidade pela quebra de contrato do treinador argentino com o Soberano, que é de US$ 1 milhão (R$ 4,9 mi), passará a ser de US$ 750 mil (R$ 3,7 mi).

Portanto, no dia 1º de julho, a multa do contrato de Crespo com o São Paulo cairá no valor de US$ 250 mil (R$ 1,2 mi). Além disso, a partir de 2022, a punição cairá ainda mais: US$ 500 mil (R$ 2,4 mi).

Porém, vale lembrar que Julio Casares, presidente do Soberano, demonstra apoio no trabalho de Crespo e acredita que o time dará a volta por cima.

Apoio, união e foco no trabalho. Assim superaremos as adversidades. Sabíamos que na reorganização financeira do clube e na maratona de jogos, enfrentaríamos vários momentos difíceis e o desgaste dos atletas. Foi um esforço concentrado na conquista de um título depois de muitos anos de angústia. Vamos retomar o bom caminho”, disse Casares em suas redes sociais.

O São Paulo está na 17ª posição no Campeonato Brasileiro com apenas 3 pontos somados em 6 jogos. O próximo compromisso do Tricolor será nesse domingo (27), contra o Ceará, no Castelão, às 20h30, pela 7ª rodada do Brasileirão.

Os resultados dos jogos de ida das oitavas da Sul-Americana Os resultados das partidas de ida das oitavas de final da Libertadores PREOCUPANTE? Os números do Botafogo nos últimos 8 jogos da temporada Os 10 times da Série A com mais gols marcados na temporada 2022