São Paulo estreia com boa e segura vitória

Estreando em casa, equipe fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo e causou boas impressões

O técnico não é o favorito do torcedor, assim como o time não mostrou muitos sinais de que faria um 2020 com sobras. Ainda entra nas desconfianças do torcedor a fraca janela de contratações, com apenas saídas e a contratação em definitivo de Volpi e Vitor Bueno. Porém, mesmo com tudo isso, os mais de 18 mil torcedores foram ao Morumbi apoiar o time e pode-se dizer que saíram bem satisfeitos.

A quarta-feira que começou bem especial para o são-paulino, comemorando o aniversário do ídolo Rogério Ceni, que foi celebrado também pelas mídias sociais do clube, relembrando os feitos do ex-arqueiro tricolor, termina com boas impressões de um time que apesar de enfrentar um adversário menos badalado, fez bem o seu papel em campo, vencendo com um seguro 2 a 0, sem muita margem para sustos.

Uma das homenagens do São Paulo à Rogério Ceni. (Twitter oficial do clube)

Os poucos que tiveram, Tiago Volpi, agora camisa 1 na meta são-paulina, se assegurou de defender e mostrar que o bom nível mostrado em 2019 pode ser mantido e elevado em 2020. No mais, o característico toque de bola que muito se destaca quando se fala das ideias do técnico Fernando Diniz, esteve presente e, com muito mais intensidade do que antes se via, deu resultado e muitos passes rápidos, tabelas e bom volume de jogo colaboraram pra o São Paulo construir sua vantagem, que começou com Pablo, logo aos 5min, cortando por dentro e batendo firme, no canto direito do goleiro adversário. A “perigosa” saída de bola acabou dando condições de Dani Alves avançar sozinho após quebrar as linhas do oponente e tabelar com Vitor Bueno. O camisa 10 precisou finalizar duas vezes para, aos 42′, ampliar a vantagem e dar tranquilidade para administrar bem a partida.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O segundo tempo trouxe um São Paulo firme em sua proposta, buscando o ataque mas diminuindo a intensidade para não abusar do condicionamento físico dos atletas. Ainda assim, foram criadas boas chances e a vitória poderia ter sido até maior. Vale o destaque para as atuações de Tchê Tchê, Vitor Bueno, Dani Alves e Hernanes. Cada um dentro do seu pape ajudando a construir as jogadas, dando movimentação e dinâmica ao jogo ofensivo do tricolor e bem importantes no controle da partida por parte dos donos da casa.

A temporada começou e logo na próxima rodada tem um clássico contra o rival Palmeiras, onde poderá se ver melhor o comportamento do time contra um adversário de mais peso e maior rivalidade.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

FICHA TÉCNICA: SÃO PAULO 2 x 0 ÁGUA SANTA
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22/01/2020 (quarta-feira)
Horário: 21h30

SPFC: Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Léo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Liziero, 27min/2ºT); Helinho (Alexandre Pato, 19min/2º), Pablo (Brenner, 39min/2ºT) e Vitor Bueno. Técnico: Fernando Diniz

Gols: Pablo (5min/1ºT), Daniel Alves (42min/1ºT)

ECAS: Thomazella; Luis Ricardo, Andrés Robles, Walisson Maia e Jonathan; Wellington Reis, Pio (Velicka, intervalo), Robinho (Luan Dias, 30min/2ºT) e Marquinho. Felipe Azevedo e Dinei (Uederson, 29min/2ºT). Técnico: Fernando Marchiori

Árbitra: Edina Alves Batista
Assistentes: Danilo Ricardo S. Manis e Marco Antonio de Andrade M. Junior
Cartões amarelos: Uederson (34min/2ºT), Alexandre Pato (35min/2ºT)
Público: 18.493 pagantes
Renda: R$ 523.613,00

Palmeiras na temporada 2022 Brasileiros com mais gols na história do Campeonato Inglês TÍTULO DISTANTE! Veja as notas do Corinthians na derrota para o Palmeiras DOMÍNIO! Os campeões das últimas 10 edições da Liga Saudita de Futebol