São Paulo fecha acordo para pagar dívida de mais de R$ 40 milhões a agente

Nesta semana, o São Paulo fechou um acordo com o agente André Cury e suspendeu as ações judiciais movidas pelo empresário para cobrar os débitos. Segundo apurado pelo portal GOAL, a dívida tricolor com o empresário está avaliada na casa dos R$ 45 milhões.

As pendências são referentes a um empréstimo feito pelo agente ao clube para a contratação do atacante Raniel, em 2019. Na oportunidade, ele arcou com a compra do atacante. O débito chegou a R$ 26 milhões e de lá para cá, não houve desconto no acordo, que foi parcelado.

O acordo entre as partes foi homologado no Tribunal de Justiça do estado de São Paulo (TJ-SP). O processo movido por André Cury foi por duas intermediações: as operações que envolveram Lucas Pratto e Paulo Henrique Ganso.

Além disso, foi realizado um acordo sobre a ação judicial, porém ainda não há homologação do acordo no TJ-SP. O débito por ambos os jogadores está em cerca de R$ 12 milhões. Outra dívidas do São Paulo com o agente ainda não se tornaram ações judiciais, mas também entraram no acordo firmado nos últimos dias, conforme finaliza o GOAL.

Os 10 melhores jogadores do Los Angeles Galaxy no FIFA 11 Os 10 melhores jogadores do Real Madrid no FIFA 11 sem CR7 Os 10 melhores jogadores do Sevilla no FIFA 11 As principais renovações de contrato da Free Agency da NBA