São Paulo paga dívida restante com Orlando City por Kaká

O São Paulo agendou o pagamento de R$ 4,5 milhões de uma dívida restante por Kaká. Esta dívida vem de desde 2014 quando o Tricolor acertou o empréstimo do ídolo juntamente com o Orlando City.

A ideia do clube paulista era parcelar esse montante da dívida, que no total chegava a R$ 6 milhões, mas teve o pedido indeferido. O pagamento foi feito para evitar o bloqueio de suas contas, o que foi determinado pela Justiça de São Paulo no último dia 19 de abril.

O São Paulo não podia mais pedir recursos na justiça, com isso o clube pagou 30% do valor no começo de abril, sinalizando a intenção de parcelar o restante em seis vezes. A Justiça pediu ao Orlando que se manifestasse – o que foi feito em uma petição ainda sob sigilo.

 no dia 12 de abril, a juíza Melissa Bertolucci negou o pedido do São Paulo pelo parcelamento e, uma semana depois, ordenou o bloqueio de R$ 4,5 milhões para saldar a dívida. O São Paulo alega que a sugestão pelo parcelamento partiu dos advogados do Orlando, que não mais responderam aos contatos do clube tricolor depois que foi feito o depósito de 30% do valor.

O clube americano se manifestou em petição ainda sigilosa e, na sequência, a Justiça ordenou a penhora ao São Paulo. Para tentar evitar o bloqueio, o São Paulo agendou pagamento do valor restante na noite de terça-feira, o que deve ser efetivado nesta quinta por causa do feriado desta quarta.

Foto de destaque: GettyImages