Segundo Raí, São Paulo pode pedir anulação do jogo contra o Ceará

O diretor de futebol Raí admitiu em entrevista coletiva pós jogo que o São Paulo pode pedir a anulação da partida contra o Ceará. Em jogo atrasado pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, Ceará e São Paulo empataram em 1 a 1. No entanto o destaque da partida ficou por conta da arbitragem ao anular um gol de Pablo no segundo tempo. O São Paulo quer a anulação da partida por considerar que houve um erro de direito cometido pela arbitragem ao anular o gol.

Wagner do Nascimento Magalhães anulou o gol de Pablo corretamente por impedimento. Porém o VAR chama o árbitro e confirma o gol. Com o gol confirmado ele autoriza o reinício da partida, que efetivamente acontece. Mas logo em seguida Wagner do Nascimento é chamado novamente pelo VAR, que anula o gol.

Lance que originou as duas intervenções do VAR. Foto: Reprodução Premiere.

Sendo assim o São Paulo pretende pedir a anulação da partida por erro de direito e também vai solicitar as gravações da cabine do VAR. É considerado erro de direito quando o árbitro erra ao aplicar uma regra. O clube entende que ao mudar uma marcação de campo após autorizar o reinício do jogo é passível de anulação da partida.

– Acho que no jogo de hoje, em termos de arbitragem, a única certeza que a gente tem é que existiu um erro absurdo, um erro de direito, e que traz todas as dúvidas do mundo.” – disse Raí após o jogo.

Portanto com o empate diante do Ceará o São Paulo chega a 38 pontos e continua atrás de Atlético-MG e Flamengo. A equipe paulista volta a campo no próximo sábado (28) contra o Bahia.

FOTO DESTAQUE: São Paulo FC.

Resta1