Neymar é cortado da Seleção e não enfrentará o Uruguai

Neymar já era desfalque certo para o jogo contra a Venezuela que ocorrerá nesta sexta-feira à noite. Porém, ainda existia a expectativa de que o atacante conseguiria se recuperar de lesão até o jogo da próxima terça-feira, contra o Uruguai.

O craque do PSG se dispôs a trabalhos intensivos nos últimos dias, em três turnos, dividido entre corridas ao redor do gramado e exercícios na academia. Só que em exame realizado na última noite (12), os médicos constataram que a lesão do músculo adutor da perna esquerda não será sanada até o confronto.

—”O jogador se apresentou na segunda-feira e, desde então, foi submetido a um trabalho intensivo de fisioterapia. Ele apresentou boa evolução, mas não suficiente para que estivesse disponível para o jogo contra o Uruguai. Hoje, ao chegarmos em São Paulo, nós já tínhamos programado de realizar ultrassonografia para acompanharmos a resposta da sua cicatrização (…)  Esse exame que fizemos realmente confirmou que está havendo evolução, mas que o jogador ainda não está pronto para para voltar a jogar” — falou Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira.

Crédito da imagem: CBF.

Resta1