Xavi recusou convite para ser técnico da seleção brasileira

Cotado para assumir o Barcelona, o técnico Xavi recebeu uma sondagem da CBF para assumir a vaga de treinador após a Copa de 2022, mas recusou.

Após o final da temporada catari, o técnico Xavi está aproveitando suas férias na Catalunha. Por mais que algumas fontes lhe coloquem próximo do Barcelona para a próxima temporada, o espanhol não comenta a situação e segue firme no Al-Sadd. Por outro lado, ele recusou duas ofertas importantes para deixar a equipe.

Uma delas, surpreendeu o próprio treinador. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) entrou em contato com o técnico para lhe oferecer a possibilidade de ser auxiliar de Tite com o Brasil até a Copa do Mundo em 2022. Posteriormente, em seguida a Copa do Mundo, ele assumiria o posto de técnico principal. Ele agradeceu a oferta, mas acabou rejeitando.

Dessa forma, em toda sua carreira como treinador, a única equipe que ele comandou foi o Al-Sadd. Assim, Xavi teria a oportunidade de comandar uma seleção pela primeira vez, ainda mais sendo a brasileira. No entanto, seu objetivo é ser treinador do Barcelona no futuro.

Poucas semanas antes de assinar a renovação, Xavi recebeu uma oferta do Borussia Dortmund. O contato consistia em comandar os alemães nas próximas três temporadas. O clube aurinegro está sendo comandado desde dezembro por um técnico interino, com pouca experiência, Edin Terzic, após a saída do suíço Lucien Frave. 

Por fim, uma das apostas do Borussia é apostar em treinadores jovens que se desenvolveram bem, como Jürgen Klopp e Thomas Tuchel. Nesse sentido, os alemães apresentaram um projeto ambicioso para Xavi reformular a equipe. No entanto, o espanhol não se interessou por essa segunda proposta.

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas