Presidente do PSG critica Real Madrid e Barcelona por liderarem a Superliga

O PSG era uma equipe considerada como essencial para a superliga desse certo, por conta de suas estrelas como Neymar e Mbappé. No entanto, ele não se aliou com a iniciativa de Real Madrid, Barcelona e Juventus (organizadores do torneio) por não concordar com a ideia da competição.

Em entrevista para a AFP, o presidente do PSG, Nasser Al Khelaifi, Disparou contra os cabeças da Superliga, alegando ser uma competição que “Não defende o interesse do futebol”. Ainda nesta entrevista ainda disse que “Não se pode romper com a tradição para que qualquer equipe alcance seus sonhos”.

Após o alinhamento com a UEFA, Al Khelaifi foi eleio o presidente da ECA (Associação dos Clubes Europeus), e assim defendeu o formato atual. “Todas as equipas têm de ter a opção de participar um dia na competição mais importante e tudo sob a asa da UEFA”, mas ainda sim revelou que precisa se modernizar a competição “A Campions League é uma marca muito sólida que deve ser garantida, mas todos temos que nos adaptar ao novo mercado, tanto nas competições internacionais como nas nacionais”.

Imagem em destaque: Getty Images