Un día como hoy: Independiente Santa Fé vencia seu primeiro título nacional no futebol feminino

Neste dia, há três anos, o Independiente Santa Fé vencia seu primeiro título nacional no futebol feminino, com a presença de público recorde. A série Un día como hoy rememora datas, títulos e feitos do nosso futebol latino. E no dia 24 de junho de 2017, o futebol feminino na Colômbia vivia um fato marcante: o primeiro título nacional da categoria era disputado, terminando com o Independiente Santa Fé como campeão.

O dia histórico para o futebol feminino colombiano

Naquela noite de sábado, as Leoas do Independiente Santa Fé iria conquistar o título sobre o Atlético Hulia, todavia, a decisão começou no domingo anterior, quando a equipe de Bogotá venceu por 2 a 1, com os gols da equipe vermelha sendo marcados por Santos e Oriana Altuve. Karla Torres descontou para o Hulia.

Na partida de volta, a equipe do Independiente Santa Fé venceu por 1 a 0, com gol marcado pela camisa 10, Leicy Santos, aos 71 minutos decorridos de jogo. A equipe Cadernal se tornava campeã da Liga Águila, este sendo o primeiro torneio feminino organizado de forma profissional no país.

A comemoração das jogadoras depois do gol marcado por Leicy Santos. (Reprodução/Conmebol)

O time do Santa Fé era comandado pelo ex-goleiro Augustín Julio, e venceu o campeonato de maneira invicta, tendo vencido 15 partidas e empatado apenas uma. Naquela noite muito especial para o futebol feminino nacional, continental e mundial, 33.327 pessoas foram prestigiar o espetáculo no El Campín – público histórico -.

Deste modo, o Santa Fé se tornou a primeira equipe colombiana a conquistar o título nacional, tanto a categoria feminina (2017) quanto na masculina (1948).

Ficha técnica:

Independiente Santa Fe: Kimika Forbes; Chinyelu Asher, María Morales, Carol Sánchez, Nancy Acosta; Liana Salazar, Gabriela Huertas; Melissa Herrera, Leicy Santos [gol aos 71′] (María Alejandra Peraza), Lady Andrade (Angie Castañeda); e Oriana Altuve.
Técnico: Agustín Julio

Atlético Huila: Daniela Solera; Daniela Caracas, Alexandra Canaguacán, Gavy Santos, Jaylis Oliveros; Miley Arévalo (Karime Caicedo), Carolina Pineda, Vanesa Santana; Mercedes Pereyra (Anyi Jiménez), Jennifer Peñaloza e Vanessa Franco (Nancy Madrid).
Técnico: Douglas Calderón

Árbitra: María Daza

Estádio: El Campín

Público: 33.327 espectadores.

Foto de capa: Reprodução/Conmebol.

Paulo Sousa promete quebrar o silêncio e falar sobre período no Flamengo FIFA 23: saiba tudo sobre o novo sistema de aceleração do game CRAQUES! Relembre os maiores artilheiros do Flamengo no século 21 COM MUDANÇAS! A provável escalação do Fluminense diante do Atlético-GO