Após derrota para o Cruzeiro, Jorginho ressalta coragem dos jogadores do Vasco

Técnico Jorginho. (Foto: Daniel Ramalho/Vasco).

O Vasco perdeu sua oitava partida fora de casa para o Cruzeiro por 3 a 0, nesta quarta-feira (21), no Mineirão. Em entrevista, Jorginho declarou que a estratégia era ir para cima do Cruzeiro e que o time vascaíno era melhor na partida até o primeiro gol cruzeirense.

 “A nossa ideia de jogo foi não recuar demais, agredir mesmo o Cruzeiro. Conseguimos fazer isso até os 24 minutos, mesmo não conseguindo um domínio grande, mas a gente tinha a construção, jogadas com bola em profundidade. Com dois minutos tivemos dois escanteios, conseguimos pressionar, marcamos em cima, não nos intimidamos. O Cruzeiro normalmente aqui tem superioridade enorme e, mesmo tomando um gol, a gente foi muito melhor nos 24 minutos. O gol desestabilizou, tem sido recorrente tomar gols batendo na nossa zaga, isso é quase impossível de evitar, uma bola que desvia no zagueiro”.

O técnico do Vasco ainda ressaltou a coragem dos jogadores vascaínos no jogo.

“O mais importante é que a gente não foi covarde, fomos corajosos, acreditamos que era possível vencer. As substituições foram para deixar o time mais ofensivo. Infelizmente não foi o suficiente, o Cruzeiro é uma equipe muito qualificada e não podíamos dar essas oportunidades. Não foi um jogo para três gols. Se tivéssemos virado o primeiro tempo 0 a 0, teríamos um segundo tempo diferente. Eles jogaram com muita tranquilidade e a gente em busca do resultado” completou.

Com a derrota, o Vasco pode ver o Londrina igualar os pontos caso a equipe paranaense vença seu jogo. Vasco e Londrina se enfrentam na próxima rodada, em São Januário.

Os jogadores em atividade com mais partidas pela Argentina em Copas do Mundo Adversário duro! Relembre as campanhas da Croácia em Copas do Mundo Treinadores que podem deixar ou já deixaram o comando das Seleções após a Copa de 2022 Os jogadores em atividade com mais partidas de Copa do Mundo pela Seleção Brasileira