O que esperar do Vasco de Abel Braga?

Vasco contratou Abel para 2020, treinador tem dois jogos e estilo de jogo começa a ser definido

Com objetivos de alcançar as quartas de final na Sul-Americana 2020 e na Copa do Brasil, o Vasco contratou o treinador Abel Braga para comandar a equipe. O elenco, recheado de atletas da base, tem como principal característica a velocidade.

Diante do Bangu, no 0 a 0, vimos que o time era bem veloz na troca de passe, mas pouco eficaz e sem poder de decisão, mesmo com German Cano. O Vasco comandava o jogo e dominava a posse, mas sofria também com a falta de criatividade da equipe nos 90 minutos de partida.

O 4-4-2 tradicional do Abel mostrou, até aqui, um time pouco espaçado ofensivamente. No primeiro jogo da temporada, as pontas estavam bastante congestionadas e pouca gente atuando pelo centro do ataque, apenas o German Cano, que pouco fez.

Talles Magno tomou a parte da criação da equipe, porém pareceu perdido com a postura da equipe e organização tática.

Contra o Flamengo, com um time alternativo, o Vasco teve uma formação também em 4-4-2, porém com o meio campo em forma de losango.

Imagem
Foto: @VascodaGama/Divulgação

Andrey; Marcos Jr e Juninho; Lucas Santos. Assim comportava o meio-campo do Vasco em pleno Maracanã. O meia-atacante Lucas, não fez uma boa partida, sofreu uma falta e foi substituído pelo Gabriel Pec ainda na primeira etapa.

Nesse jogo em específico, o Vasco jogou com a marcação alta, abriu o placar com o Ribamar, mas o gol foi anulado por impedimento do camisa 9. No primeiro tempo, o rubro-negro abriu o placar e fez com que o Almirante se desorganizasse. Após o 1-0, o Cruzmaltino não jogou bem e teve pouca presença no ataque.

A proposta até aqui, é montar uma equipe que pressiona a saída de bola adversária, forçando o erro dos rivais. No primeiro jogo da temporada, jogando dessa forma, o gol não saiu por falta de sorte.

O Vasco entra em campo nesse sábado (25), contra o Boavista, no Kleber Andrade, Espírito Santo. Abel Braga irá jogar com o time titular nesse confronto.

Recém promovido, Juninho receberá sua segunda oportunidade com o treinador, que o escalou como titular para esse jogo.

Foto de capa: Joao Carlos Gomes/MyPhoto Press

Os jogadores mais jovens a atuarem na Seleção Brasileira nas últimas 10 Copas do Mundo FIM DE UMA ERA! Os jogadores da promissora geração belga com mais partidas em Copas do Mundo Estranho no Ninho! Relembre as campanhas do Marrocos em Copas do Mundo Vini, Messi e mais: O time dos 11 destaques das oitavas de final da Copa do Mundo