Vasco anuncia parceria com empresa de criptomoedas

O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira (5), durante uma transmissão ao vivo na Vasco TV. O sócio-fundador do Mercado Bitcoin, com quem o clube fez a parceria, também esteve presente na live, junto de Alexandre Campello.

O Vasco assinou um contrato de parceria com o Mercado Bitcoin, uma vertente da MB Digital Assets. A empresa trabalha com o mercado de criptomoedas e rendeu, inicialmente, 10 milhões de reais ao clube. Esse valor corresponde a 20% daquilo que o Vasco pode receber ao todo. Gustavo Chamati, sócio do Mercado Bitcoin, falou sobre como funcionará a parceria e explicou o que são os “tokens”, as principais peças para fechar o acordo. Ele consistirá na venda de “tokens”, que representarão uma parte do mecanismo de solidariedade de 12 atletas formados na base do Vasco que deixaram o clube. Sendo assim, qualquer pessoa física poderá comprar uma parcela desse percentual visando um lucro futuro.

“O token é uma moeda digital. É a representação de uma fração do que o Vasco tem direito a receber do mecanismo de solidariedade toda vez que acontecer uma negociação por um atleta que se formou no clube. Esses 12 atletas vão gerar receita ao Vasco sempre que forem negociados. A gente fez um estudo e uma avaliação de quanto esses atletas devem gerar no futuro para o Vasco. A gente, então, transformou esse direito em uma criptomoeda, chamada de token. Cada token desse representa uma fração desse direito. É um produto de investimento que vai permitir que o torcedor compre um pedaço desse direito na expectativa de que vá receber mais no futuro do que gastou agora”, explicou Chamati.

Mais detalhes e jogadores com tokens disponíveis

Além disso, a expectativa é arrecadar 50 milhões de reais com o acordo. Vale lembrar que o Mercado Bitcoin comprou do Vasco 20% dos tokens pelo valor de R$ 10 milhões. Adicionalmente, receberá mais 5% pela prestação dos serviços de operacionalização. O clube ficará com 75% dos tokens e poderá colocá-los à venda a qualquer momento após a negociação dos 20% adquiridos pelo MBDA, mas deterá uma participação mínima e contínua de 25%. O presidente do Vasco, Alexandre Campello, explicou como usará os 10 milhões recebidos: “Temos o compromisso de usar no pagamento de dívidas. Já nesses R$ 10 milhões, uma parte irá para o pool de credores e uma outra parte que o clube tem para o pagamento desses acordos. E o restante a gente usa como bem entender, possivelmente para pagamento de salários e na manutenção propriamente dita.”

Lista de jogadores

Outro detalhe importante é que cada token custará 100 reais e serão postas à venda cerca 500 mil unidades. O valor total é de 50 milhões de reais e a intenção é que o produto entre no mercado já no próximo mês. Outra informação é que o Mercado Bitcoin estampará sua logo na camisa vascaína em algumas partidas. Ademais, só será possível comprar tokens de 12 jogadores os quais o site do clube informou. Dessa forma, confira a lista que o Vasco disponibilizou e, para mais informações, veja a nota publicada pelo clube em conjunto com a empresa.

JogadoresClube Atual
Josef de Souza Dias (Souza)Besiktas (Turquia)
Douglas Luiz Soares de Paulo (Douglas Luiz)Manchester City (Inglaterra)
Philippe CoutinhoBarcelona (Espanha)
Alex Teixeira Santos (Alex Teixeira)Jiangsu Suning (China)
Paulo Henrique Sampaio Filho (Paulinho)Bayer Leverkusen (Alemanha)
Allan Marques Loureiro (Allan)Everton (Inglaterra)
Evander da Silva Ferreira (Evander)FC Midtjylland (Noruega)
Luan Garcia Teixeira (Luan)Palmeiras (Brasil)
Mateus da Silva Vital Assumpção (Mateus Vital)Corinthians (Brasil)
Alan Kardec de Souza Pereira Jr. (Alan Kardec)Chongqing Lifan (China)
Marrony da Silva Liberato Silveira (Marrony)Atlético Mineiro (Brasil)
Nathan Santos de Araújo (Nathan)Boavista (Portugal)
Fonte: Mercado Bitcoin e Vasco da Gama.

Foto de capa: Vasco.

Resta1