Vasco vence na Sul-Americana e faz o melhor jogo da temporada

O Vasco venceu o Oriente Petrolero, na Sul-Americana, por 1 a 0 em São Januário. Presença da torcida é ponto positivo mais uma vez.

Comandado por Abel Braga, o Almirante mostrou melhoras em comparação ao Vasco 0x1 Botafogo, que ocorreu no último fim de semana. A equipe que enfrentou o time boliviano, mostrou além de organização, um pouco mais de criatividade na armação de jogadas.

Isso teria sido causado pela entrada do Andrey no time, que comandou o meio-campo do Gigante. Ainda sem um armador, o volante teve que exercer esse papel e conseguiu se ajustar dentro de campo.

Yago Pikachu, que fez excelente partida nessa noite, comentou sobre a vitória.

“É importante essa vitória. Estávamos vindo de resultados negativos no Estadual, não conseguimos classificar, mas precisávamos demonstrar que poderíamos melhorar”, declarou o lateral-direito.

O gol teve envolvimento do Talles, o mesmo iniciou a jogada individual e tocou para Germán Cano, que impedido, balançou as redes. Sem VAR, o bandeira não marcou posição irregular e o gol foi validado.

Após o 1 a 0, o Vasco ainda mandou uma bola na trave com Marcos Júnior e duas no travessão, uma também com o volante e outra com o zagueiro Werley.

Os visitantes não conseguiram se impor durante o jogo e a marcação foi em especial no camisa 11, Talles, que mesmo assim conseguiu ser superior aos defensores durante a partida.

A tabela do Vasco é apertada na próxima semana. O clube cumprirá tabela na Taça Guanabara, onde já está eliminado, contra a Portuguesa-Rj (9/2), e em seguida fará duas decisões. Fora de casa, o cruzmaltino enfrenta o Altos, do Piaui, pela Copa do Brasil (12/2) e em seguida o Oriente Petrolero, pelo jogo de volta da Sul-Americana (19/2).

Foto de capa: André Durão/Divulgação.

FIM DE UMA ERA! Os jogadores da promissora geração belga com mais partidas em Copas do Mundo Estranho no Ninho! Relembre as campanhas do Marrocos em Copas do Mundo Vini, Messi e mais: O time dos 11 destaques das oitavas de final da Copa do Mundo Rei da moda? Os diferentes cabelos de Gabigol na carreira