Vitória contra o ABC mostra evolução no Vasco de Abel Braga

Time mostrou intensidade e mais aproximação no meio-campo diante do ABC. Germán Cano foi o autor do gol.

O Vasco enfrentou o ABC na noite de ontem (05) no Maracanã, pela segunda-fase da Copa do Brasil, e venceu por apenas um a zero. No duelo foi possível enxergar pequena evolução na equipe treinada por Abel Braga.

Poucas mudanças foram suficientes para mostrar que o simples também é eficiente. Em mente, o treinador tinha como formação inicial Ribamar titular, pela ponta e Marcos Júnior liderando a armação.

A escalação titular contou com o atacante promovido da base, Vinicius, e com o retorno de Fredy Guarín, que foi o criador de jogadas do Vasco.

Imagem
Foto: @VascodaGama/Divulgação

Nessa equipe foi possível ver um pouco mais de organização tática e maior criação de jogadas. O Vasco finalizou 20 vezes (apenas cinco no gol) e teve 60% da posse de bola, além de 7 escanteios.

O gol ocorreu após um bom desarme de Andrey, já no segundo tempo. Uma boa troca de passes entre Raul, Guarín e Vinicius fez com que a bola chegasse aos pés de Marrony, o mesmo deu uma bela assistência para Germán Cano.

O treinador comentou sobre o principal problema da equipe em 2020: finalizações.

“Nós não definimos. Se tivéssemos feito as oportunidades que tivemos, teríamos jogado o resto da partida com mais tranquilidade. O ABC não tinha mais responsabilidade. Atacavam com cinco. Então, a gente perdia a bola e esses cinco estavam lá esperando. Na minha visão, faltou isso: converter as chances de gol”, disse.

O Vasco não perde há seis jogos e esse foi o único em que a equipe esboçou um futebol apresentável.

No próximo duelo, a equipe enfrenta o Goiás, também pela Copa do Brasil. O confronto acontecerá no dia 11 de março (quinta-feira) e deve ser em São Januário.

Foto de capa: Alexandre Cassiano/O Globo.

Os jogadores em atividade com mais partidas pela Argentina em Copas do Mundo Adversário duro! Relembre as campanhas da Croácia em Copas do Mundo Treinadores que podem deixar ou já deixaram o comando das Seleções após a Copa de 2022 Os jogadores em atividade com mais partidas de Copa do Mundo pela Seleção Brasileira