o bi de verstappen vem? 

Levar a taça para casa

Campeão Mundial de forma dramático em 2021, o holandês Max Verstappen pode conquistar seu bicampeonato de forma bem mais tranquila no GP de Cingapura neste final de semana. 

Em 2021, Verstappen venceu o campeonato mundial na última volta da última corrida em Abu Dhabi, após ultrapassar Lewis Hamilton. O holandês evitou o octa do inglês, que o colocaria como o maior campeão da categoria. 

Drama

Com o título mundial em 2021, Verstappen trocou o número 33 em seu carro pelo Número 1, exclusivo para o campeão. 

Número 1 

A temporada de defesa de título não começou boa para Verstappen, ele abandou 2 das primeiras 3 corridas e só não viu Charles Leclerc se afastar na classificação por conta de erros crassos da Ferrari. 

Início ruim

A Red Bull realizou mudanças no acerto do carro e aos poucos deixou o carro mais leve, o que foi deixando Verstappen mais a vontade com o veículo. 

Mudanças 

A partir do GP de Miami, Verstappen embalou e venceu 10 das 12 corridas disputadas, assumindo a liderança e aos poucos se afastando dos concorrentes Charles Leclerc e Sergio Perez. 

Recuperação

Os maiores concorrentes de Verstappen são Charles Leclerc da Ferrari e seu próprio companheiro de equipe, o mexicano Sergio Perez. Com os erros da Ferrari e o claro favorecimento a Max dentro da Red Bull é pouco provável que ele perca o título.

Os adversários 

Verstappen tem 335 pontos, contra 219 de Leclerc, ou seja, 116 pontos de vantagem, enquanto Perez aparece com 210, 125 pontos atrás.

A diferença 

Caso Verstappen vença a corrida e faça a volta mais rápida, precisa torcer para que Leclerc termine em 8º lugar ou pior e Perez em 4º lugar ou pior. 

Cenário 1 

Em caso de vitória sem a volta mais rápida, Leclerc precisaria chegar em 9º lugar ou abaixo e Perez em 4º lugar ou abaixo sem fazer a volta mais rápida. 

Cenário 2

Verstappen precisa sair de Cingapura com 139 pontos de diferença em relação ao 2º colocado no Campeonato.  Caso contrário a decisão fica para o Japão. 

Resumo