Entrevista com o volante Mikael, do Ypiranga-RS

Foto: Everton Silveira.

Mikael Guterres Michel nasceu em 20 de Agosto de 1993. Teve sua carreira iniciada em 2013 no profissional do Pelotas-RS. Atualmente, está no Ypiranga-RS.

 

Confira a entrevista com o atleta:

 

1- Como e quando surgiu seu amor pelo futebol? Tem algum clube na infância que teve influência para esse amor surgir? Como foi sua transição da base para o profissional?

R: Meu amor pelo futebol surgiu quando eu nasci (risos). Desde pequeno eu gosto de futebol. Quando meu pai faleceu eu tinha 6 anos, e minha mãe me colocou em uma escolinha de futsal do Grêmio, a partir daí já era apaixonado pelo futebol. Minha transição para o profissional, no Pelotas-RS, foi bem tranquila.

 

2- Tem vontade de jogar em outro país ou alguma liga específica?

R: Minha vontade de jogar em outro país é muito grande. Sem dúvidas uma transferência para uma liga em um país diferente me deixaria muito feliz e realizado.

 

3- Qual jogador te inspirou a ser jogador de futebol? E em qual você se espelha na sua posição? Você sonha em jogar em algum clube grande do Brasil?

R: Quando comecei a jogar bola busquei me inspirar em jogadores da minha posição, olhando um pouco de cada jogador da minha função. Sempre gostei muito do Felipe Melo e do Sérgio Busquets. No Brasil tem muitos times grande, de tradição, e acredito que se atuar por algum desses me sentiria realizado.

 
Foto: Ilair Junior/YFC.
 

4- Como é o seu posicionamento dentro de campo? É um volante mais número 5 ou 8?

R: Quando comecei fui mais um número cinco, mas agora o futebol pede para você ser além do cinco ou oito no meio de campo. Acredito que fazer apenas uma função no meio-campo hoje não basta mais.

 

5- Nesse momento da sua carreira, você se sente realizado pelo o que consquistou ou ainda tem ambição por algo a mais?

Já sou um cara realizado em chegar ao profissional. Vejo muitos amigos meus que sempre sonharam a chegar no profissional e nunca conseguiram, muitos outros jogadores muitos bons que não deram sequência. Minha maior ambição é conquistar o acesso com o Ypiranga neste ano, aí sim estarei mais realizado.

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas