Tabu a ser mantido: Atlético não perde para o Botafogo, em Belo Horizonte, há 12 anos

O Atlético recebe o Botafogo, às 21h30 desta quarta-feira (25), no Mineirão, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, defendendo um tabu de 12 anos contra o clube na capital mineira. E enquanto o alvinegro mineiro deseja encontrar o caminho das vitórias na competição, para assegurar a primeira colocação na tabela, o carioca busca afastar a má fase para sair do Z4.

Atlético defende tabu de 12 anos contra o Botafogo em Belo Horizonte; última derrota para os cariocas na capital mineira foi em 2008
Imagem: Bruno Cantini/Atlético

O Galo segue comandado pelo técnico Leandro Zago, após Jorge Sampaoli e toda a sua comissão técnica testar positivo para a Covid-19. Além destes, o clube ainda conta com outros 12 desfalques para a partida. Os goleiros Victor e Everson, os zagueiros Réver e Gabriel, o lateral Guga, os volantes Allan e Jair e os atacantes Eduardo Vargas e Savinho, também testaram positivo para a doença e não serão relacionados para a partida. Além ainda do meio-campista Alan Franco, que cumpre o isolamento no Equador.

Ademais, o alvinegro também não terá a presença de Guilherme Arana e Dylan Borrero, ambos suspensos no último duelo contra o Ceará.

RETROSPECTO

Na história, Atlético e Botafogo já se enfrentaram 108 vezes. E a vantagem dos números é do time visitante, que soma 49 vitórias, contra 33 do Galo e outros 26 empates; além de 199 gols pró e 166 contra.

Pelo Campeonato Brasileiro, são 52 jogos. Sendo 17 vitórias do Atlético, 21 do Botafogo e 14 empates.

No entanto, em Belo Horizonte, o alvinegro mineiro tem a superioridade numérica, com 22 vitórias, 18 derrotas e 16 empates em 56 jogos.

TABU A SER MANTIDO!

O Atlético defende ainda, na noite desta quarta-feira, um tabu de 12 anos sobre o Botafogo. Visto que, os cariocas não vencem em Belo Horizonte há 12 anos.

A última vitória na capital mineira foi em 2008. Na ocasião, o Botafogo aplicou uma goleada por 5 a 2 sobre o Galo, no Mineirão, em partida válida pela Copa Sul-Americana.

De lá pra cá, os times se encontram 12 vezes em BH, com oito vitórias do Galo e quatro empates.

Em suma, o duelo desta quarta, marca o encontro de extremos dentro do Campeonato Brasileiro. O Atlético, de Leandro Zago, líder da competição, com 39 pontos e 59,1% de aproveitamento, busca reencontrar a estabilidade na competição para não perder a primeira colocação da tabela. O Botafogo de Ramón Díaz, por sua vez, soma seis jogos sem vencer na competição (quatro derrotas e dois empates), amargando a 19ª colocação com 20 pontos e apenas 31,7% de aproveitamento. Dessa maneira, aspira os três pontos para respirar no campeonato.

Foto de capa: Bruno Cantini/Atlético

Resta1