Figueirense anuncia Elano como técnico

Após demissão de Márcio Coellho, clube busca opção viável no mercado para comandar time e Figueirense anuicia Elano como escolha.

Na manhã desta quinta-feira, o Figueirense anunciou a demissão do técnico Márcio Coelho e sua comissão técnica. Vale ressaltar que o técnico tinha sido efetivado no início do ano, quando o clube era comandado pelo presidente do conselho deliberativo, Francisco de Assis filho, antes de ocorrer a eleição de Norton Boppré, que após assumir já executou mudanças no departamento de futebol, como a saída de Felipe Gil para entrada de Luciano Sorriso.

O clube já entrou em contato, mas sem sucesso com os treinadores Adilson Batista, que recentemente passou pelo Cruzeiro e Ceará, e com Jorginho, que comandou o Juventus de Jaraguá do Sul no Catarinense 2020. A diretoria escolheu aposentado meia campista Elano, que já foi interino no Santos no ano de 2017 (nove partidas com cinco vitórias, um empate e três derrotas,) e comandou o Água Santa no Paulistão 2020 (14 partidas, com cinco vitórias, dois empates e sete derrotas).

O anúncio foi feito no final da tarde, e novo treinador deve comandar o time no sábado, contra o Confiança no estádio Orlando Scarpelli, sábado às 19h. Elano na Inter de Limeira evitou o rebaixamento da equipe, e no torneio do interior caiu para o Guarani na semifinal, curiosamente, naquele elenco estavm os volantes Geovane e Matheus Neris que foram contratados pelo Figueirense.

Imagem em destaque: Marcos Ribolli

Resta1